Padd Solutions

Converted by Falcon Hive

Cartas pra ninguém

sábado, abril 10, 2010 , , 2 comentários

Escrevo cartas pra ninguém. Até a pouco tempo eu escrevia cartas em momentos de ócio para uma pessoa muito especial. As cartas poderiam começar por qualquer motivo, muitas vezes até tédio. Começavam por qualquer assunto, até para comentar o clima do lugar onde eu estivesse, mas sempre acabavam por incluir uma declaração de amor, um atestado de admiração, uma afirmação de dedicação. Minhas cartas eram simples, bobas até, mas escondiam muito significado.

Agora eu não tenho mais destinatário para essas cartas que preenchem os momentos de ócio com caneta e papel a mão então escrevo para ninguém.

Isso na verdade cumpre muito bem com as funções das cartas de antes. Eu escrevo, passo meu tempo, coloco meus pensamentos no papel e ninguém me escreve de volta. Continua igual a antes. Igualzinho.

(2) Comments

  1. leee On 10 de abril de 2010 23:57

    escreve para mim !!!
    sempre quis manter correspondência, mas as pessoas hoje só gostam de e-mail.

    nada substitui a arte da caligrafia
    (por 'pior' que ela possa parecer).

    luzzz !

     
    Anônimo On 11 de abril de 2010 11:45

    Tá...tudo bem, você não tem mais aquela pessoa especial pra escrever as cartas e tal, mas se quiser escrever para a minha pessoa(a doida do forms q te pediu em casamento)estamos ai...pode ser carta,cartão,bilhetinho...qualquer coisa...eu super aceito...vindo de vc eu aceito tudo...tudo mesmo!!!ui...hehehehe

    Bjos florzinha...fica na paz!!!E ande pela sombra...hauhauhauhau

    OBS: Meu pedido de casamento ainda tá de pé...aceita ou ñ aceita?? hehehehe

    Fica bem tá lindona!!!E ñ se preocupa ñ e nem se martirize tanto pelo fim do namoro...uma coisa q eu aprendi na facul e q serviu e serve e muito pra minha vida é q O remédio para os males é o tempo...o tempo se certifica de cicatrizar as feridas.

    bjos
    A doida do forms hauhauhauhau